quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Saudade

De todas as palavras existentes no mundo, por mais que se  possa imaginar, existe apenas uma que faz ativar os sentimentos mais profundos em momentos de alegria, tristeza, nostalgia, de memórias . . .
Palavra essa que além de não ser possível traduzi-la em qualquer outra língua numa única palavra, faz recordar bons ou maus momentos, que sempre irão fazer parte da vida de um individuo.
Saudade . . . é um sentimento, um pensamento de algo, ou de um acontecimento ou até mesmo de alguém, que na realidade não é possível descrever exatamente. Maioritariamente apenas entendível por apenas aquele(a) que o sente.
Em qualquer um dos casos, foi algo ou alguém, nem que tenha sido por breves momentos . . . mas que para sempre irá fazer parte da sua história, desta passagem tão rápida e muitas vezes menos bem aproveitada, chamada vida.
Tudo aquilo que já passou, é passado e nunca mais se pode voltar repetir (pelo menos precisamente igual - partindo do principio que cada momento, só a ele lhe pertence, por isso exatamente irreplicável). Apenas a partir do hoje e viver esse novo momento, tal como ele o é, NOVO.
Desta vez tem a oportunidade de ter aprendido a lição do passado e viver mais intensamente cada momento que se avizinha - Carpe Diem - de forma a ficar eterno.
Não se permita que num futuro possa dizer: "Deveria ter vivido de uma forma diferente" ou "Deveria ter aproveitado mais as oportunidades que tive."
Não se arrependa do que fez, apenas do que não fez.
A partir de hoje tem a oportunidade de corrigir esse desperdício e tirar o melhor proveito desses momentos . . . pois eles nunca mais voltam acontecer. E quando relembrar-se de algo, que essas saudades sejam por aquilo que saboreou, acarinhou, gargalhou, por tudo aquilo que lhe possa chamar de: "Momento de Felicidade."

Principalmente porque vivemos à velocidade da luz.

2 comentários: