domingo, 10 de outubro de 2010

Desejo ardente

O que é ter um desejo ardente?
Já lhe aconteceu, querer muito uma coisa e sem saber muito bem, essa vontade ia crescendo cada vez mais dentro de si!  
Quando tinha que estar presente numa determinada festa à noite, já eram 16h e ainda não tinha a roupa que queria, nem toda a sua estética  (cabelo, unhas, pintura) arranjada? Queria preparar uma noite especial a alguém e ainda não tinha reservado a mesa no restaurante? Nem muito menos tinha organizado o local e as flores que ainda ia comprar? Sempre que queria dar um passo para a frente, parece que algo o empurrava para trás? Aquele objectivo que determinou em atingir e sempre que virava a esquina era desafiado por todos os tipos de problemas? Como quando uma pessoa tem que estar num determinado sitio a uma determinada hora e está parado no trânsito, no meio da cidade.

Mas no fim...  naquela noite maravilhosa, foi elogiada pelo seu visual e como tudo condizia com a sua indumentária. Quando definiu-se e telefonou para o restaurante disseram-lhe que era mesmo a última mesa disponível e que naquela noite especial oferecia uma rosa às senhoras. Afinal cada passo ou esquina que contornava,  servia para lhe ensinar algo mais.
E todas estas adversidades que se passam no dia-a-dia, fazem parte dele mesmo.
Mas se fizer um bocadinho mais de esforço e conseguir ver-se a si mesmo(a) e for uma pessoa persistente e convicta de si mesma, vai ter o deslumbre de que na realidade, obtenção do seu objectivo final, não passava mais do que o seu desejo ardente de o atingir.
Quando este desejo faz parte de si, ninguém o parara.

PR..

Sem comentários:

Enviar um comentário